Not support Recaptcha
Pular navegação
Notícia

Dia da Pizza: saiba como esse prato típico italiano umami chegou ao Brasil

julho/2022

Créditos: Pexels

 

Para comemorar a data com a mão na massa, o Comitê Umami separou uma receita de pizza de marguerita para você preparar com a família e amigos

 

São Paulo, julho de 2022 – O Dia Nacional da Pizza está chegando! Por ser um dos pratos mais populares consumidos no Brasil, a pizza ganhou um dia especial no calendário, sendo comemorado no dia 10 de julho. Segundo dados da Associação de Pizzarias Unidas de São Paulo (2022), o Brasil possui aproximadamente 112 mil pizzarias ativas. Em 2008, eram cerca de 11 mil. Já imaginou?!

Mas, você sabe como ela veio parar aqui?

A pizza chegou em terras brasileiras junto com os imigrantes italianos no século XIX. Rapidamente, o prato foi popularizado nacionalmente, e seus recheios foram adaptados abrindo um leque de possibilidades de sabores para o consumidor. Inclusive, em 1985, aconteceu um concurso em São Paulo, no qual foram eleitas as dez melhores redondas de mussarela e marguerita da capital paulista.

Com o sabor da pizza no paladar dos brasileiros, o que nem todo mundo sabe é que o gosto umami, o quinto gosto do paladar humano – ao lado de doce, salgado, amargo e azedo – está presente em cada pedaço degustado.

Descoberto pelo cientista japonês Kikunae Ikeda, em 1908, o umami (“delicioso” em japonês) é responsável por aumentar a salivação e prolongar o sabor. O molho de tomate e os queijos, utilizados na maioria das preparações, são ingredientes com alto teor de glutamato, aminoácido que confere o quinto gosto, deixando a pizza ainda mais deliciosa.

Há diversos recheios da comida italiana como atum, cogumelos, quatro queijos, tomate seco, milho com catupiry, entre outros sabores compostos por alimentos ricos em umami.

Para celebrar o Dia Nacional da Pizza, o Comitê Umami separou uma receita de pizza marguerita! Confira o passo a passo de como preparar a massa e o recheio a seguir:

Imagem de uma pizza de marguerita, com queijo, tomate e manjericão
Créditos: Comitê Umami e Sabores Ajinomoto

 

Ingredientes

3 xícaras (chá) de farinha de trigo (330 g)

1 xícara (chá) de leite (200 ml)

2 colheres (sopa) de óleo

1 tablete de fermento biológico

1 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de glutamato monossódico (AJI-NO-MOTO®)

1 xícara (chá) de polpa de tomate (200 ml)

600 g de muçarela fatiada

2 tomates pequenos cortados em rodelas finas (260 g)

20 folhas de manjericão

 

Modo de preparo

  1. Faça a massa: em um recipiente grande, coloque o leite, o óleo, a farinha de trigo e o fermento. Tempere com o sal e o glutamato monossódico (AJI-NO-MOTO®);
  2. Amasse com as mãos até ficar homogêneo. Modele duas esferas e deixe descansar por 5 minutos. Sobre uma superfície limpa e enfarinhada, com auxílio de um rolo, abra as massas até formar discos de 28 cm de diâmetro;
  3. Transfira para 2 fôrmas redondas (28 cm de diâmetro) e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 10 minutos para pré-assar a massa. Retire do forno;
  4. Sobre as massas, espalhe a polpa de tomate, disponha as fatias de muçarela e decore com as rodelas de tomate e o manjericão;
  5. Leve ao forno médio (180 graus) por 10 minutos, ou até derreter o queijo. Retire do forno e sirva em seguida.

Dicas:

  1. Ao pré-assar os discos de pizza, não deixe dourar para que, depois de pronta, a massa da pizza não fique dura demais.
  2. Caso prefira, congele uma das pizzas para comer em outro dia. Para isso, deixe um dos discos de pizza pré-assados esfriar completamente, cubra com a polpa de tomate, a muçarela e as rodelas de tomate, e embrulhe com filme plástico dentro da própria forma (ou utilize um disco de papelão próprio para alimentos para a pizza não ficar torta). Leve ao congelador por até 2 meses. Para descongelar e assar, retire o filme plástico, acomode a pizza em uma forma (caso use a base de papelão) e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por cerca de 25 minutos, ou até aquecer e o queijo derreter. Decore com folhas de manjericão e sirva em seguida.

 

UMAMI

É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/gostoumami e instagram.com/ogostoumami.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

Race Comunicação

(11) 2548-0720 / 2894-5607

Larissa Leão | Luiza Araújo | Maira Manesco

umamiteam@agenciarace.com.br

Compartilhar


Informações sobre umami para a imprensa: