Quer deixar seu churrasco ainda mais saboroso? Separamos algumas dicas para ajudá-lo na hora de assar a carne.

 

churrascoRicas em proteína, as carnes são um dos principais representantes do quinto gosto. Talvez esse seja um dos motivos de o churrasco ser um dos queridinhos dos brasileiros, já que o umami é popularmente conhecido como “gosto gostoso”. Claro que o prato fica ainda melhor quando acompanhado de outras duas paixões nacionais: cerveja gelada e um bom bate-papo com os amigos.

Por isso, separamos algumas dicas para deixar o seu churrasco ainda mais gostoso.

 

Escolha da carne

A picanha é a queridinha dos churrasqueiros! Além dela,  você pode optar pelo contrafilé, filé mignon, costela, maminha, alcatra e fraldinha (que têm um preço mais em conta que as demais), assim como a linguiça, o frango e o coraçãozinho de galinha.

Dê preferência aos cortes frescos  ao invés das carnes congeladas. Lembre-se de ficar atento ao aspecto da carne: ela tem que estar viçosa, com coloração vermelho vivo. Já a linguiça deve estar mais corada. Escolha os cortes de frango desossados, pois fica mais fácil para o convidado comer.

 

Hora de assar

Cortes como o da fraldinha, alcatra e costela devem ser assados inteiros. Já o contrafilé pode ser cortado em bifes com 10 cm de espessura. A picanha pode ser assada da maneira que preferir, em bifes ou inteira. A gordura da carne ajuda a evitar o ressecamento, por isso o ideal é mantê-la.

Antes de colocar o churrasco na grelha, espalhe o carvão com a ajuda de um espeto e deixe o fogo estabilizar (não jogue água, isso faz com que a churrasqueira perca calor e a carne não atinja o ponto ideal).

Acomode os espetos a uma distância de 40 cm do fogo, deixe a carne assar até que se crie um suco sobre ela e depois vire-a. Quando esse mesmo suco se acumular do outro lado da peça, a carne estará no ponto ideal.

Para virar as carnes, use uma pinça e não um garfo. Furar a carne faz com que todo o seu suco (e gordura)  seja drenado, deixando-a ressecada.

 

Quer sentir o gosto umami?

Se você é um apaixonado por gastronomia, mas ainda não conhece o  quinto gosto, comece a treinar seu paladar. Com certeza você irá se beneficiar, afinal de contas, nada melhor do que poder desfrutar 100% dos prazeres que a comida pode proporcionar.

Aqui você encontra os tipos de carnes e sua quantidade respectiva de glutamato (principal substância umami) para completar o cardápio do seu churrasco ou do dia a dia.

– Carne suína: 10 mg de glutamato para cada 100g.

– Carne bovina: 10 mg de glutamato para cada 100g.

– Carne de frango: 22 mg de glutamato para cada 100g

– Presunto: após os processos de maturação, secagem e envelhecimento, chega a ter quase 350mg de glutamato para cada 100g.