Dois acarajés com fitas do senhor do Bonfim ao fundo.

Foto: Tadeu Brunelli

Popular e um dos símbolos da culinária baiana, este prato também é rico no gosto umami.

Outubro de 2018 – Na próxima segunda-feira, dia 8, é comemorado o Dia dos Nordestinos. A data foi idealizada em 2009 com o intuito de festejar as tradições das pessoas dessa região e homenageia o centenário do nascimento de Antônio Gonçalves da Silva (Patativa do Assaré), um dos maiores poetas populares do Brasil

Para celebrar essa data especial, Lisiane Miura, chef e nutricionista do Comitê Umami, ensina o passo a passo de uma deliciosa receita de acarajé, prato típico da culinária baiana. A chef explica que a diversidade de ingredientes utilizados na preparação exala cheiros de dar água na boca. “O Nordeste, além de ser rico em cultura e paisagens naturais, é um grande centro gastronômico e para quem quer provar – ou matar a saudade – do sabor nordestino essa receita é ideal!”.

Confira como preparar este prato considerado patrimônio nacional:

INGREDIENTES

ACARAJÉ

500 g de feijão fradinho cru
1 cebola média cortada em pedaços
3 colheres (chá) de sal
2 vidros de azeite-de-dendê (400 ml)

MOLHO

3 pimentas malagueta bem picadas
Meia xícara (chá) de camarões secos, sem casca
1 xícara (chá) de azeite de dendê
2 cebolas médias picadas
1 e meia colher (chá) de sal

MODO DE PREPARO

1. Inicie o preparo na véspera: em uma tigela, coloque o feijão, cubra com água e deixe de molho por, no mínimo, 14 horas.
2. Escorra e esfregue os grãos entre a palma das mãos, para que soltem as cascas.
3. No copo do liquidificador, coloque o feijão e a cebola, e bata bem até obter uma massa homogênea. Transfira para uma tigela e tempere com o sal.
4. Em uma panela pequena, aqueça o azeite de dendê em fogo médio e, com o auxílio de duas colheres de servir, molde os acarajés.
5. Frite-os, aos poucos, até que fiquem dourados (cerca de 3 minutos de cada lado). Escorra em papel toalha e reserve.
6. Prepare o molho: bata a pimenta e metade dos camarões secos no liquidificador até que fique homogêneo. Reserve.
7. Em uma panela pequena, aqueça o azeite de dendê em fogo alto e refogue a cebola por cerca de três minutos, ou até murchar. Acrescente a mistura de camarões, os camarões inteiros restantes e tempere com o sal. Misture, retire do fogo e espere esfriar.
8. Corte cada acarajé ao meio no sentido do comprimento e sirva recheado com o molho.

UMAMI

É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias Umami. As duas principais características do Umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Race Comunicação
(11) 2548-0720 / 2894-5607
Evelyn Spada, Gabriel Pedreschi e Wilson Barros
umamiteam@agenciarace.com.br