São Paulo, setembro de 2015 – Separamos seis alimentos umami que, além de serem nutritivos, saborosos e fáceis de encontrar no prato do brasileiro, fazem bem à saúde do coração.

Confira a lista abaixo e descubra os benefícios de cada um dos alimentos:

Tomate (18 calorias em 100g): o fruto é rico em licopeno, antioxidante que ajuda a prevenir danos causados às células, podendo contribuir para a diminuição do risco de doenças cardiovasculares.

Repolho Roxo (22 calorias em 100g): possui antocianinas, pigmentos que podem auxilizar na redução do risco de infarto, já que ajuda a reduzir a oxidação da fração LDL do colesterol, que pode se depositar nas artérias quando se encontra em concentrações elevadas.

Cebola (40 calorias em 100g):incentiva a produção de HDL colesterol, que tem a função de remover o colesterol depositado nas artérias, mantendo o coração saudável.

Shiitake (34 calorias em 100g): contém uma substância chamada eritadenina, um agente anticolesterolêmico. Além disso, possui fibras, como as beta-glucanas e fitoesteróis que ajudam a regular os níveis de colesterol no sangue .

Peixes e frutos do mar: no salmão, atum, sardinha, arenque, anchova, tainha, bacalhau e truta é possível encontrar o ômega 3, um ácido graxo polinsaturado, essencial para manutenção da saúde. Ele ajuda a reduzir os níveisde triglicérides e a pressão sanguínea, prevenindo contra o infarto.

Arpargos: rico em folato, uma vitamina do complexo B essencial para um sistema cardiovascular saudável. Combinado às vitaminas B6 e B12, forma uma coenzima que reduz os níveis de homocisteína, aminoácido que em excesso afeta o aparelho cardiovascular. Além disso, o aspargo foi um dos primeiros alimentos que chamou a atenção do Kikunae Ikeda, descobridor do umami. Para o químico japonês, esse era um dos alimentos cujo gosto se distinguia claramente dos conhecidos até então: doce, salgado, ácido e amargo.

 

UMAMI

É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias Umami. As duas principais características do Umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br.

 

COMITÊ UMAMI

O Comitê Umami Brasil debate e divulga temas relacionados ao quinto gosto. O Comitê tem relação direta com o Umami Information Center (UIC), organização sem fins lucrativos, dedicada a pesquisas sobre o assunto. Para saber mais, acesse http://www.umamiinfo.com/.

 

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

Race Comunicação

(11) 2548-0720 / 2894-5607

Núbia Neves – nubianeves@agenciarace.com.br

Rodolfo Zanchin – rodolfozanchin@agenciarace.com.br