Preparar pratos com prevalência de gosto umami pode melhorar a nutrição das mães.

 

20150327-gravidez
image-1468
O aleitamento materno funciona como uma verdadeira vacina para o bebê: é responsável por protegê-lo contra diversas doenças, como anemia e infecções. Além disso, a sucção do peito faz com que os músculos da face do bebê se desenvolvam, contribuindo com a fala e a respiração da criança.

Para a mãe, o aleitamento materno também é essencial, pois ajuda na recuperação pós-parto e diminui o risco de hemorragia, anemia, diabetes, câncer de mama e de ovário. Também auxilia na perda dos quilinhos adquiridos durante a gravidez e  estreita os laços entre a mãe e o bebê.

Recomendado até os 2 anos de vida (deve ser o único alimento do bebê nos seus primeiros 6 meses, pois a ingestão de outro alimento nessa fase pode submetê-lo a infecções, entre outras complicações), o leite materno possui muitas substâncias e nutrientes, entre eles o glutamato, seu aminoácido mais abundante.

Ele ajuda a promover o desenvolvimento do bebê, fornecendo energia para a multiplicação das suas células intestinais. Esse mecanismo cria uma espécie de “barreira protetora” para substâncias indesejadas, o que é ótimo para evitar as cólicas intestinais que afligem com frequência os pequenos nesse período.

Preparar pratos com prevalência de gosto umami pode melhorar a nutrição dessas mães. Afinal, com pratos saborosos fica muito mais fácil se alimentar.

Confira algumas receitas simples e rápidas que podem ajudar a estimular o apetite:

Pão com tomate

Penne alla putanesca

Rocambole de queijo com tomate

Bruschetta Integral

 

Receitas com cogumelos:

Cogumelos recheados com queijo

– Espaguete de cogumelos

 

Receitas com carnes:

Carne de panela

Feijoada

Moussaka

 

Receitas com laticínios:

Pão de queijo crocante

Cestinha de parmesão